As Energias Yin e Yang

O I CHING descobriu que todas as formas de energia possuem 2 extremos e identificou-os como YIN e YANG. A luz, que é energia luminosa, pode se apresentar muito intensa, é o YANG, ou muito fraca, será o YIN. A altura, que é energia potencial, pode ser bem alta, seria o YANG ou bem baixa, seria o YIN. Lugares altos como planaltos e topo de subidas, montanhas apresentam muita energia YANG, enquanto que lugares baixos, fundos de vale, proximidade de rios apresentam muita energia YIN.

O andar superior de um sobrado tem mais energia YANG enquanto que o andar de baixo tem mais energia YIN.


Para você descobrir se o que você está pensando são os extremos YIN e YANG de uma mesma energia, aplique a Regra Básica do YIN-YANG:
Quanto mais YIN, menos YANG e quanto mais YANG, menos YIN.
Exemplo: Escuridão e Claridade são os extremos YIN e YANG da energia luminosa, pois quanto mais claro será menos escuro e quanto mais escuro será menos claro.
Alto e Baixo são os extremos YIN e YANF da energia potencial, pois quanto mais alto será menos baixo e quanto mais baixo será menos alto.
Da mesma forma, Duro e Mole, Forte e Fraco, etc.
No Taoismo, YOGA, I CHING, FENG SHUI e em muitas outras iniciativas que encontramos na China, o fundamento é A BUSCA DO EQÜILÍBRIO e o eqüilíbrio perfeito é representado pelo desenho símbolo do YIN-YANG, que é o segunte:
O desenho representa o eqúilíbrio perfeito YIN-YANG onde encontramos os 2 extremos das energias se entrelaçando harmonicamente, uma na forma de alto relevo, representanto o YANG, e a outra na forma de baixo relevo, representando o YIN.
O sentido de circulação das energias é o anti-horário, de acordo com o sentido de rotação dos redemoinhos no hemisfério sul. A maior parte do Brasil encontra-se abaixo da Linha do Equador e, portanto, as energias giram no sentido anti-horário.
Os símbolos que apresentam o YIN-YANG girando no sentido horário só devem ser empregados no hemisfério norte.
No núcleo do YANG encontramos uma concavidade YIN, significando que mesmo no núcleo do YANG encontramos o YIN e, reciprocamente, no núcleo do YIN, encontramos um ressalto YANG significando, de forma análoga, que mesmo no núcleo do YIN é possível encontrar-se o YANG.
O YANG deve ser representado, obrigatoriamente, em alto relevo e o YIN em baixo relevo.

O YANG representa:
LUZ, ATIVO, MONTANHA, PARTES ALTAS, VERÃO, CALOR, DURO, CONCRETO, OBJETOS GRANDES MACIÇOS, LOCAIS RUIDOSOS COMO BAILES E FESTAS.
Amor, Tolerância, Criatividade, Iniciativa, Amizade, Admiração, Ajuda, Facilidade.
As forças YANG são poderosas nos meses de verão, mas enfrequecem durante a noite escura.
Um elemento como a árvore pode ser YANG se a árvore for grande e forte.
As situações em que há YANG demais são muito agitadas e causam excessos. Devem ser evitadas

O YIN representa:
ESCURIDÃO, PASSIVO, ÁGUA, PARTES BAIXAS, INVERNO, FRIO, MOLE, IMPALPÁVEL, OBETOS PEQUENOS, FRÁGEIS, LOCAIS CALMOS COMO IGREJAS E CEMITÉRIOS.
Ódio, Intolerância, Embotamento, Sedentarismo, Inimizade, Inveja, Oposição, Dificuldade.
As forças YIN são poderosas nos meses de inverno, mas enfraquecem durante o dia claro.
Um elemento como a árvore pode ser YIN se a árvore for pequena e delicada.
As situações em que há YIN demais são muito calmas e sem vida. Devem ser evitadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *