Últimos posts

Flores da Primavera

Com a chegada da primavera, algumas plantas ganham tanto destaque que se tornam ícones da estação. Vamos conhecer um pouco mais de algumas delas: Ipê-amarelo No início da primavera, sua floração é um espetáculo à parte. Totalmente despida de folhas e totalmente coberta por flores de um amarelo intenso, é certamente a árvore de maior destaque nas matas (onde hoje é rara) e nas nossas cidades. Sua madeira, de grande

Decoração A-Z - Termos usados em construção e decoração - B

dicionário requintada versão oitocentista dos mosqueteiros usados sobre cama. A cama é protegida por uma cobertura fixada à parede numa das extremidades e presa ao próprio móvel na outra. Esse elemento abriga um cortinado que veda as laterais. Bandô  faixa decorativa que encobre os trilhos da cortina. Batente emoldura o vão da porta. É composto por duas peças verticais de madeira (pernas) e uma, superior, horizontal (lumieira). Bay-window  tipo de janela

Decoração A-Z - Termos usados em construção e decoração - A

Afresco pintura aplicada em parede e teto sobre camada de revestimento ainda úmido, possibilitando a absorção de tinta. Eles foram largamente utilizados na Renascença italiana, e hoje buscam criar uma atmosfera imponente nos espaços. Água do telhado é a superficie inclinada do telhado, por onde vai escorrer a água da chuva. Água-furtada quando dois telhados de duas águas se juntam, esse encontro é chamado de água-furtada. Alicerce  ou fundações são

Estilos Decorativos – Oriental

O Extremo Oriente vem influenciando a decoração européia há muito tempo. O estilo oriental também está cada vez mais presente na composição de móveis em ambientes brasileiros. O mobiliário pode ter uma combinação eclética, através de móveis empalhados de estilo chinês, combinados com peças modernas em Bambu e Ratam. Grande parte do estilo oriental da atualidade, em especial o japonês, é mais sóbrio e despojado. Móveis baixos como camas, mesas,

Nova Série - Estilos Decorativos - Vitoriano

O estilo vitoriano é uma fonte infinita de inspiração. De 1837 a 1901, anos em que a Inglaterra foi governada pela Rainha Vitória, o país viveu um período máximo de esplendor, conhecido como “época vitoriana”. O Reino gozava de grande prestígio e o clima social era de euforia devido aos sucessos militares na Índia, ao desenvolvimento cultural e à prosperidade econômica resultante da Revolução Industrial. A nova burguesia, enriquecida com